FAQ | Glossário

Expressões utilizadas nos ambientes Cisco

Não fique na dúvida: confira aqui algumas das expressões utilizadas nos ambientes Cisco. E se necessitar de mais esclarecimentos, sinta-se à vontade para nos consultar

10Base-2 Ethernet - uma implementação da tecnologia Ethernet, com velocidades até 10Mbps e transmissão através de cabo coaxial com comprimento máximo de 185 metros por segmento.

10Base-FL - implementação da tecnologia Ethernet com velocidades até 10Mbps através de cabo de fibra óptica.

10Base-T - implementação da tecnologia Ethernet com velocidades até 10Mbps através de cabo de pares entrançados.

100Base-T - implementação da tecnologia Ethernet com velocidades até 10Mbps através de cabo de pares entrançados.


ADSL - Assymetric Digital Subscriber Line - serviço de DSL e tecnologia de trnamissão de alta velocidade (banda larga) através de fio de cobre, desde uma central da empresa de telecomunicações até às instalações do utilizador (cliente); requer a existência de modems DSL em ambos os pontos. Diz-se assimétrico porque a comunicação é feita em velocidades diferentes para download e upload (dados e voz).

Analógico
– sinal analógico: tipo de sinal contínuo; é representado graficamente por uma linha contínua, que representa, em cada momento, o valor do sinal;
– transmissão analógica: modo de transmissão de voz e dados através de linha telefónica; énecessário um modem;

ARP - é um protocolo de rede utilizado por algum equipamento que cria uma tabela com uma lista de endereços de TCP/IP e os respectivos endereços MAC

ATM - Asynchronous Transfer Mode - tecnologia comutada de alta velocidade que usa células de dados com tamanho fixo (igual para todas) para transmitir voz, dados e vídeo; permite interligar LANs através de WANs (através das redes públicas de comunicação).


Backbone - segmento de rede com elevada largura de banda que liga a outros segmentos de redes; transporta grandes concentrações de dados.

Bandwidth - ver Largura de Banda.

Bit/Byte - o bit é a mais pequena unidade de dados e só exist em dois estados, 0 e 1. Num computador, os dados são armazenados em múltiplos de bit, os bytes. Em cada byte temos oito bit (1Byte = 8 bit).

BNC - conector BNC - é um tipo de conector (porta/ligação) utilizado para ligar um cabo coaxial em topologias em barramento (topologia BUS).

Bridge (ponte) - é um componente de rede que funciona na camada 2 do modelo OSI; pode ser hardware e/ou software e serve para interligar duas redes como se fossem uma só; permite também filtrar o tráfego de dados através do endereço MAC dos dispositivos que enviam os dados. Dessa forma, é possível permitir apenas a passagem de dados vindos de dispositivos autorizados.


Cabo Coaxial - tipo de cabo utlizado na topologia em barramento; é um cabo composto por um filamento de cobre, com blindagem à sua volta; utilizado em redes 10Base-2.

Cabo crossover - permite a ligação directa entre dois computadores em rede sem utilização de um hub ou switch; é, basicamente, um cabo de par entrançado em que as duas pontas do cabo contêm os fios em ordens diferentes.

CSMA/CA - Carrier Sense Multiple Access/Collision Detection - método utilizado em redes Ethernet para verificar se o meio está disponível para transmissão; caso esteja, tenta enviar os dados e verifica se outro dispositivo está a comunicar ao mesmo tempo. Se isso acontecer, as comunicações aguardam um tempo aleatório e diferente até voltarem a comunicar. Dessa forma tenta-se evitar ao máximo o número de colisões.


Datagrama - é uma unidade de dados enviada através da rede (pode ser visto como outro nome dado a um pacote de dados em determinadas fases de uma transmissão).

DHCP - Dynamic Host Configuration Protocol - é um protocolo usado em redes TCP/IP que permite atribuir automaticamente aos clientes um número de IP, Gateway e DNS.

DNS - Domain Name Service - é o serviço utilizado em redes TCP/IP que traduz nomes em endereços IP; por exemplo: www.google.pt em 93.45.123.4 .

Domínio - nome que serve para identificar um conjunto de computadores ligados numa rede cliente servidor e que partilham um ambiente comum como, por exemplo, uma base de dados. Para criar um domínio numa rede cliente-servidor é necessário um sistema operativo de rede, como o Windows Server ou Linux. Os computadores que pertencem a um domínio partilham uma política de segurança implementada pelo servidor. O servidor mantém também a informação de contas de utilizadores. Na Internet, a palavra "domínio" indica os nomes que substituem os endereços IP. Exemplos de domínios de Internet são: .pt, .com, .gov, etc... . Não confundir com grupo de trabalho (workgroup).

DSL - Digital Subscriber Line - tecnologia que permite altas taxas de transferência de dados através de linhas telefónicas de cobre. Uma das grandes vantagens é que é possível transmitir dados e voz ao mesmo tempo.


Ethernet - arquitectura de rede de interligação para redes locais, baseada no envio de pacotes de dados; funciona na camada Física (define os cabos, sinais eléctricos na camada física) e na camada de Ligação (define formato de pacotes e protocolos para a camada MAC) do modelo OSI; é a arquitectura de rede mais utilizada actualmente.


FDDI - Fiber Distributed Data Interface - arquitectura de rede semelhante ao Token-ring, mas com fibra óptica, com capacidade de transmissão muito elevada; ideal para WANs, pois permite redes com centenas de nós numa grande área (distâncias até 200Km); é comum utilizar-se um backbone (cabo principal) em anel (duplo), ao qual se ligam as sub-redes; funciona nas camadas Física e de Ligação do modelo OSI.

Fibra Óptica - é um cabo capaz de transportar sinais de luz; estes cabos têm um núcleo central à base de vidro ou plástico, envolto em plástico, e a luz reflecte ao longo do cabo; tem uma elevada largura de banda.

Firewall - software/hardware que filtra a passagem de dados, evitando que intrusos entrem na rede e acedam aos seus dispositivos.

Frame-Relay - tecnologia muito eficiente de comunicação de dados; permite usar as redes públicas, criando ligações entre pontos frame-relay; permite, por exemplo, interligar filiais de uma empresa separadas por grandes distâncias (criando a WAN da empresa).

FTP - File Transfer Protocol - protocolo usado para transferir ficheiros entre computadores através de uma rede TCP/IP; também existem "servidores FTP", dedicados ao armazenamento de ficheiros.


Gateway - hardware/software que liga diferentes ambientes de rede (por exemplo, uma LAN e uma WAN, como uma rede empresarial ou doméstica e a Internet).


Host - qualquer componente de rede que utiliza o protocolo TCP/IP

HTTP - HyperText Transfer Protocol - protocolo utilizado para a comunicação entre um servidor de Internet e um browser; as páginas de Internet que vemos nos browsers são transmitidas utilizando o protocolo HTTP, ao nível de aplicação (modelo OSI e TCP/IP).

Hub - componente de rede que permite a interligação de vários computadores; envia o sinal recebido em uma porta para todas as outras portas (ou seja, envia um sinal em broadcast).

ICMP - Internet Control Message Protocol - protocolo do conjunto TCP/IP que permite efetuar a gestão de dados na rede, enviando relatórios de erros à fonte original. Os routers e os gateways utilizam este protocolo.

IEEE - Institute of Electrical and Electronic Engineers - instituto onde são estudadas e criadas as normas de comunicação.

IP - Internet Protocol - protocolo que usa pacotes de dados para transmissão de dados. Funciona na camada 3 (rede) do modelo OSI.

Ipconfig - ferramenta (Windows) que permite ver a configuração de rede de um computador.

ISP - Internet Service Provider - empresa que fornece serviços de Internet a utilizador (clientes); entre esses serviços normalmente encontra-se o acesso à Internet, correio electrónico (email), alojamento de páginas Web, entre outros.


LAN - Local Area Network - rede de computadores situada numa área pequena, tipicamente, o mesmo local físico; por exemplo: uma empresa ou uma casa. Pode, no entanto, ocupar um edifício inteiro.

Largura de Banda - medida da capacidade de transmissão; em meios analógicos, mede-se em Hertz/seg ou ciclos por segundo, enquanto que em meios digitais é medida em bits/seg. Medidas comuns são Kbps (Kilobits por segundo), Mbps (Megabits por segundo), Gbps (Gigabits por segundo).


MAC Adress - endereço MAC - é o endereço físico de qualquer dispositivo de rede (placas de rede,modems, switches, hubs, etc...).

Modem - Modulator/Demodulator - dispositivo de comunicação que converte o sinal digital dos computadores em sinal analógico para passar pelas linhas telefónicas ou outros meios, e vice-versa.


NAT - Network Address Translation - é um protocolo/técnica utilizada por gateways para fazer filtragem de pacotes, permitindo ou negando a passagem destes.

NIC - Network Interface Card - placa de rede que permite comunicação entre computadores.


Pacote - unidade básica de dados enviados pela rede

Ping - comando TCP/IP usado para testar a ligação entre dois pontos numa rede; envia vários pacotes de dados a partir de um ponto da rede e aguarda resposta do ponto de destino (utilização nalinha de comandos: ping 192.168.1.20).

PPP - Point-to-Point protocol - protocolo usado para ligação à Internet. Inclui controlo de erros, segurança de IPs dinâmicos e suporte para múltiplos protocolos.

Protocolo - conjunto de regras pré-definidas que indicam como os computadores podem comunicar e trocar informação entre si.

Proxy - servidor Proxy - é um servidor que divide a largura de banda de uma ligação à Internet por vários utilizadores, por exemplo; é um intermediário que recebe pedidos e trata de os atender, quer consultando outros servidores, quer consultando a sua própria memória cache; pode ser utilizado para guardar, por exemplo, as páginas Web mais requisitadas, de modo a serem acedidas mais rapidamente.


QoS - Quality of Service - serviço que garante que os dados são enviados por uma rede de uma forma correcta, contínua e com a velocidade esperada; uma empresa, por exemplo, poderá contratar uma ligação à Internet com QoS, de modo a garantir que as suas comunicações estão sempre dentro de determinados níveis de desempenho.


RDIS - Rede Digital com Integração de Serviços (ISDN) - rede digital sobre linha telefónica que suporta voz, dados e vídeo.

Repetidor - dispositivo de hardware que permite ampliar o o sinal que passa num cabo de rede; normalmente é colocado no fim de um segmento de cabo, próximo do seu comprimento máximo.

RJ45 - é uma "ficha" de ligação para cabos de pares entrançados com 4 pares

Router - hardware/software que permite a comunicação entre redes. O router é utilizado para encaminhar os pacotes de dados através de redes. É utilizado, por exemplo, para ligar uma LAN à Internet, através de um modem. Os routers (hardware) têm muitas vezes outras funções, como firewall, modem, etc..). Existem routers com e sem fios (ou ambos).


SMTP - Simple Mail Transfer Protocol - protocolo usado para o envio de correio electrónico; faz parte do conjunto de TCP/IP.

SNMP - Simple Network Management Protocol - protocolo de gestão de rede que envia informação sobre o estado da rede.

Spam - Mensagem de correio electrónico não solicitdada enviada para vários endereços ao mesmo tempo; o spam é ilegal e tem vindo a tornar-se um grande problema, devido não só ao incómodo que causa mas também pela grande quantidade de tráfego indesejado que causa.

Switch - dispositivo utilizado em rede capaz de criar caminhos de ligação entre nós de uma rede; é mais eficaz do que os hubs pois evita a repetição desnecessária dos pacotes de dados.


TCP - Transfer Control Protocol - protocolo de transferência (transporte) de dados em redes; é "orientado à ligação", isto é, cria uma ligação virtual entre os nós de uma rede; é considerado um protocolo fiável.

TCP/IP - Transfer Control Protocol/Internet Protocol - conjunto de protocolos que permitem o funcionamento dos computadores em redes locais e na Internet.

Telnet - protocolo que permite abrir uma consola em modo de texto com ligação a computadores remotos.

Token-ring - arquitectura de rede baseada em topologia em anel em que a informação circula pela rede até encontrar o ser destinatário; apenas um pacote de dados (token) pode passar pela rede de cada vez; desta forma, evita-se colisões.


UDP - User Datagram Protocol - protocol que permite o envio de pacotes de dados através da Internet; não é "orientado à ligação", não assegurando que os dados enviados cheguem sem danos ou na ordem correcta ao destino, logo, não é considerado fiável.

UTP - Unshielded Twisted Pair - fio de cobre entrançado em quatro pares de fios, não blindado; é usado para ligar nós numa rede.


VoIP - Voice Over Internet Protocol - protocolo de transferência de voz em forma digital na Internet; um exemplo de uma aplicação: Skype (usado para fazer "chamadas" via Internet, para outros computadores ou para telefones/telemóveis).

VPN - Rede Privada Virtual - é uma rede de comunicações privada que utiliza uma rede pública; é como um "túnel" privado entre dois pontos, através de linhas públicas.


WAN - Wide Area Network - rede de área alargada, que se estende a nível regional, nacional ou internacional.

Web Server - servidor que guarda e permite o acesso a páginas Web, utilizando o protocolo HTTP para fornecer as páginas.

Workgroup - Grupo de Trabalho - nome dado a um conjunto de computadores ligados em redes do tipo ponto-a-ponto; contrariamente aos domínios (usados em redes cliente-servidor), nenhuma máquina do grupo está no comando, e a segurança e outras configurações têm de ser realizadas em cada computador individualmente; no Windows é possível definir grupos de trabalho e, assim, partilhar ficheiros, impressoras, etc.

Ingram Micro Brasil
+55 11 2078.4200
+55 11 2078.4300 (Televendas)
Av. Piracema, 1341 - Tamboré
Barueri - SP - CEP 06460-030
cisco@ingrammicro.com.br

Dúvidas
Encaminhe seu comentário, sugestão ou dúvida aos nossos especialistas